Carioca, 21, estudante de direito

23 de out de 2015


Como escolher a base certa pra mim? {Pele negra}




Oi, gentee!
Desculpa por demorar tanto pra voltar a postar aqui, mas é que eu tava toda enrolada com milhões de coisas, enfim... Mas não abandono nunca não! Vamos lá!
O post de hoje é sobre bases! Um assunto que divide opiniões porque é uma coisa muito pessoal, mais ainda do que perfume. Hoje em dia está mais fácil, mas antigamente era muito difícil encontrar bases legais para a pele negra, tinham poucas opções! 
Minha amiga Rebecca me perguntou qual base eu recomendava ela comprar numa viagem e eu fiquei pensando muito tempo até chegar à conclusão de que não posso recomendar nada, afinal a parte mais importante ao comprar uma base é:
TESTAR!!!
Não é pra testar na mão, nem no maxilar, tem que testar no rosto tooooodo! Principalmente, ou preferencialmente, nas áreas da testa, das maçãs do rosto e do pescoço. Não tirei isso do nada, tirei do Color IQ, um aparelho divino criado numa parceria entre a Sephora e a Pantone (aquela empresa que disse que a cor desse ano ia ser Marsala e a do ano que vem Quarzo Rosa) que desenvolveu uma biblioteca com 110 tons de pele humana possíveis. 
Essa maravilha que tira "fotos" sem luz externa da testa, pescoço e maçã do rosto de define qual é a sua cor ainda não tá disponível no Brasil, infelizmente :( eu testei lá em NY há quase dois anos e descobri que minha cor é a 2Y11. Eles mandam por email e tudo com as opções de bases e corretivos de marcas disponíveis na Sephora: 
Se você ainda não testou e tá complicado agora com essa crise ir no exterior pra testar, você pode entrar no site do Color IQ e clicar em "Don't have a Color IQ yet?" e botar uma base que você já usou,  e se deu bem com a cor, lá e descobrir qual é a sua cor de acordo com aquela base. 
Afinal, como decidir?
Depois de ter uma ideia da sua cor, você pode ir pesquisar loja por loja as bases que você gosta mais e ver se elas se dão bem não só com a sua cor, mas também com o seu tipo de pele. Bases com efeito matte ou muito secas não combinam com pele seca, por exemplo, mas são melhores para peles oleosas do que bases muito hidratantes ou iluminadas que chamam atenção para a oleosidade natural do rosto. 
Vou dar um norte pra quem tá começando: bases com toque seco, matte, opaco ou de alta cobertura e pesadas geralmente não deixam um efeito bonito na pele seca ou muito seca. Isso porque craquelam e acumulam. Elas funcionam melhor com peles mistas ou mais oleosas porque elas controlam essa oleosidade muito bem e não craquelam tanto (mas testa um dia inteiro essas bases pra ver como elas ficam em você!)
Já as bases hidratantes, com mais oleosidade, mais líquidas, ficam melhor em peles secas e não combinam com pele oleosa, mas, de novo, só testando que dá pra confirmar.
Eu gosto muito de bases levinhas, sem aquele efeito boneca, mas esse já é um critério completamente subjetivo. Vou falar sobre algumas bases que eu estou gostando muito no momento

Cor: 15 Golden
Comprei ano passado na Sephora porque me foi indicada pela vendedora e pelo Color IQ.
Ela tem cobertura média, é bem hidratante, na minha opinião.

O que a marca diz: Base resistente à água que ajuda a diminuir as pequenas linhas de expressão. Sua fórmula absorve o excesso de oleosidade da pele. Hidrata e protege a pele contra os danos causados pelo meio ambiente. Proporciona uma cobertura moderada e confortável, conseguindo um resultado natural.
 
Recomendo ela para peles muito secas, secas e mistas. Mas para oleosas, nem tanto. Não sei se foi a minha experiência, mas não achei que ela absorveu tanto o excesso de oleosidade, mas sim que enfatizou isso em alguns pontos. A durabilidade é boa, e a cobertura é média. Também não recomendo pro calor, porque como o acabamento é hidratante, pode te dar aquela sensação de pele derretendo.
Uma base mais sequinha, mas sem efeito matte. Recomendo pra peles pouco secas, mistas e oleosas. Não recomendo para peles muito secas porque ela corre o risco de craquelas, por secar muito rápido e não ter aquele efeito hidratante da Superbalanced.
O que a marca diz: Com a fórmula oil-free e desenvolvida por dermatologistas Even Better Makeup SPF 15 algo incrível acontece: uma pele mais luminosa e uniforme é criada. Áreas escurecidas, sinais de acnes passadas e de envelhecimento ficam visivelmente reduzidas. Para todos os tons e tipos de pele. Veja os primeiros resultados em apenas 4 a 6 semanas. Para benefícios contínuos-mesmo após a remoção-combine com Even Better Skin Clinical Dark Spot Corrector.
Em mim funciona muito bem como contorno, porque a cor ficou escura pra mim. Como só uso nas áreas de contorno (testa, nariz, maxilar e abaixo das maçãs do rosto) não sei dizer se ela craquela muito, mas a durabilidade nessas áreas é muito boa. 
Ela tem FPS 15, que é ótimo, mas não dispensa o uso de protetor solar antes. 
Essa base é uma queridinha, adoro o efeito que ela deixa na minha pele! Ela tem FPS15 e uma tecnologia diferente.
O que a marca diz: A Base Líquida FPS 15 deixa sua pele uniforme e com a sensação de estar sem maquiagem. Uma fórmula inovadora e de alta tecnologia, com difusores ópticos e pigmentos tratados, que proporciona acabamento aveludado e uma aparência natural. Sua proteção contra raios UVA e UVB e o exclusivo ativo Elastinol+R melhoram a firmeza e a elasticidade da pele. Livre de óleo. Ideal para todos os tipos de pele.
Ela deixa um acabamento sequinho, mas sem craquelar e, embora transfira um pouco (não bota nenhuma roupa branca antes dela secar totalmente!), depois de um tempo ela seca e o pó ajuda nesse processo.
Adoro usá-la diariamente e recomendo para peles secas, mistas e oleosas também porque ela consegue abranger tudo isso sem pesar. A cobertura é média, até porque se fosse alta, não estaria dentro dessa proposta de se sentir como se não estivesse usando nada.

O melhor ficou pro final! Minha base favorita do momento, que já teve resenha aqui no blog é a Matchmaster, da MAC. Ela é incrível, gente, sério, não craquela, cobre tudo o que você imaginar e a cor se adapta ao seu tom de pele de um jeito super natural. 
O que a marca diz: Uma base praticamente "invisível" com cobertura influenciada pelo seu tom de pele. Uma fórmula avançada patenteada com um espectro de 14 tons variando de claro até escuro. Descubra a inteligência dos tons!
Essa fórmula super inteligente faz com que a cor da base mude para se adaptar melhor à sua pele e fazer com que fique o mais natural possível, sem deixar de cobrir as imperfeições de forma uniforme. 
Uso ela de dia e para a noite, se eu quiser, posso construir mais camadas e aumentar a cobertura até chegar próximo de alta. Mas eu não curto esse efeito, gosto da média cobertura com acabamento mate e recomendo para todo mundo, menos pro pessoal com pele extremamente seca. 
Ufaaa, é isso gente! Essas são as bases que andei testando, sempre que achar uma novidade legal, volto pra contar. Ainda quero testar bases mais baratinhas e boas, porque embora eu saiba que maquiagem é investimento e merece meu dinheirinho suado, sei também que tem outras opções nacionais mais acessíveis. Me contem nos comentários! 
Espero que vocês tenham gostado, um beijo e até o próximo post :**

 
0

0 comentários:

 

No Instagram